Notícias

Fim do Lockdow: Lojas, mercados, farmácias e academias poderão funcionar a partir de sexta-feira, mas ainda com algumas restrições

O prefeito Alexandre Ferreira (MDB) confirmou o fim do lockdown após as 23h59 desta quinta-feira, 10, e liberou o funcionamento de diversos setores já a partir do dia seguinte. Nesta quarta-feira, 9, um decreto com todas as regras será publicado no Diário Oficial. Farmácias, lojas, mercados e academias, por exemplo, estão permitidos a funcionar, mas com restrições.

 

Serviços de saúde, como hospitais, clínicas, consultórios e atendimento de urgência, podem funcionar, assim como clínicas veterinárias e pet shops.

 

Lojas, comércio em geral, bares, restaurantes, depósito de bebidas e lojas de conveniência estão liberados a funcionar das 5 às 22 horas apenas através de drive-thru, take away e delivery, sem atendimento presencial e consumo no local. A abertura de lojas de equipamentos de eventos e locação de chácaras de lazer estão proibidos.

 

Mercados e farmácias podem atender presencialmente, sob condição de monitoração de público, com até 30% da capacidade máxima.

 

A rede municipal de ensino permanece com aulas a distância, mas as escolas estaduais voltam a seguir as regras do Estado de São Paulo e a Prefeitura recomenda que escolas particulares e cursos livres continuem com o ensino remoto.

 

As academias de ginástica ou qualquer outro exercício podem funcionar das 5 às 22 horas e com apenas 30% do público. O prefeito chamou atenção às academias que vendem alimentos e suplementos. Estes não podem ser consumidos no interior do local.

 

Alexandre disse que o lockdown não é ideal, mas foi necessário. “Íamos ter condições absurdas de desabastecimento de serviço de saúde e pessoas iriam morrer sem atendimento.”

 

O prefeito afirmou também que os efeitos do lockdown ainda não foram sentidos e que o número de pessoas infectadas hoje é referente a dias anteriores ao início da restrição. “O efeito é daqui 15, 20 dias, que é diminuição de pessoas no pronto-socorro com covid e daqui a 40, 50 dias que vamos sentir o reflexo nas internações. O reflexo é sempre tardio”, disse Alexandre.

Fonte: GCN
WeCreativez WhatsApp Support
Participe da programação mandando sua mensagem ou pedindo sua música!
Olá, mande sua mensagem :)