Notícias

Prefeito determina que Procon puna mercados que estão abusando da taxa de entrega

Os primeiros dias de lockdown trouxeram à tona, em Franca, um tipo de comerciante que tem sido execrado pelos consumidores: aquele que comete abusos, explorando o momento difícil pelo qual toda cidade passa. Nas redes sociais foi possível ver inúmeros relatos de pessoas reclamando de mercados, farmácias e outros estabelecimentos praticando taxas de entrega abusivas e dificultando o acesso às mercadorias, uma vez que a compra presencial está proibida.

Diante disso, o prefeito Alexandre Ferreira determinou ao Procon que fiscalize e puna os estabelecimentos que estejam cometendo abuso nesse período em que são necessárias restrições rigorosas para combater o avanço da Covid-19 na cidade.

 

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o prefeito diz claramente: “Recebi denúncias de abusos de alguns supermercados e estabelecimentos que estão com taxas de entrega muito alta. É claro que a gente não pode determinar o valor de serviço de cada um, mas a gente pode coibir esses abusos. É inadmissível abuso desse tipo, especialmente nesse momento que pede sensibilidade e responsabilidade de todos nós. Determinei que o Procon fiscalize e puna com rigor qualquer forma de abuso. Também solicitei (ao Procon) que publique nos canais de divulgação da Prefeitura uma relação de supermercados que fazem entrega gratuita ou com preços adequados”.

 

No mesmo vídeo, o prefeito também diz que, na última sexta-feira, Franca cobrou que o Estado cumpra a promessa de abertura de novos leitos no Ame, Santa Casa e Hospital do Coração de Franca, assim como em Miguelópolis, Morro Agudo e Ipuã. “O Estado prometeu isso lá atrás, eu reunião que eu participei com prefeitos e a deputada Graciela”.

O prefeito disse, também, que apresentou projeto pro Estado para que Franca receba 389 mil doses da vacina Pfizer. “Esse número equivale a duas doses para todos que não foram vacinados e que têm mais de 18 anos. Essa vacina exige condições especiais de armazenamento. Já nos estruturamos e estamos prontos para receber a vacina, não só pra Franca, mas, se o Estado quiser, para a toda a região”, disse o prefeito.
Ele esclareceu que avisou o Estado de que não abriu mão das doses de AstraZeneca e Coronavac que a cidade já recebe e, sim, que está pleiteando essas doses a mais para imunizar a cidade inteira. “A intenção é acelerar a vacinação”, disse.

 

O prefeito falou, também, sobre a linha especial de crédito aberta pelo Banco do Povo, dirigida para empreendedores formais e informais. “São mais 5 milhões de reais para amparar os empreendedores nesse momento e poucas pessoas estão procurando. Faça sua inscrição. Pode ser via site, não precisa ser presencial”.

 

 

Fonte: folhadefranca

WeCreativez WhatsApp Support
Participe da programação mandando sua mensagem ou pedindo sua música!
Olá, mande sua mensagem :)